9 motivos pelos quais achamos que Ryan Gosling será a próxima celebridade vegana

Nós amamos o Ryan Gosling já no momento em que colocamos os olhos nele pela primeira vez, no filme O Diário de Uma Paixão. Mas o que você talvez não saiba é que ele também é um grande defensor dos direitos dos animais. Vestindo couro vegano e fazendo questão de adotar (ao invés de comprar) um cachorro para pedir às grandes corporações que adotem medidas contra crueldade animal, Ryan é um amante dos animais.

Então, temos certeza de que esse galã será a próxima revelação vegana. Aqui vão algumas evidências:

1. Ele usou uma jaqueta de couro sintético em Blade Runner.

No último filme estrelado por Ryan, Blade Runner 2049, ele arrasa em uma jaqueta de couro sintético . Criado por Renée April, o casaco é feito de algodão laminado. A produção de couro é incrivelmente insustentável e cruel, então o fato de Ryan optar por uma alternativa vegana é um ótimo sinal!

2. Ele pediu que uma empresa americana assumisse um compromisso público para reduzir a crueldade animal em sua cadeia de suprimento de ovos

Em 2015, Ryan escreveu ao CEO da Costco, uma empresa dos Estados Unidos, pedindo para que ela banisse as gaiolas em bateria de sua cadeia de suprimento de ovos. Ele disse: “As imagens da investigação revelam crueldade inimaginável, incluindo filas de aves confinadas em gaiolas minúsculas em meio a outras aves ainda mortas em decomposição — comendo, dormindo, defecando e botando ovos em meio a outras aves mortas — e as asas, pernas e pescoços presos em meio aos aramados das gaiolas.”

3. Ele pediu que KFC e McDonald’s reduzissem a crueldade com galinhas

Em 2003 e 2010, Ryan juntou-se à ONG PETA para pedir que KFC e McDonald’s considerassem formas menos cruéis de criar e abater suas galinhas. Em sua carta ao KFC, ele escreveu: “Escrevo para pedir que vocês tomem medidas para implementar padrões básicos de tratamento para os animais, garantindo que eles tenham uma existência (…) menos dolorosa”.

4. Ele adotou seu cão, George.

Em 2002, Ryan adotou George de um abrigo para animais de Los Angeles. Os dois eram inseparáveis, como o ator deixou claro em uma entrevista com The Independent em janeiro de 2013: “George é muito mais interessante do que eu. Eu prefiro falar sobre ele. Queria que George estivesse aqui hoje, você sabe, dando entrevistas comigo. Normalmente, eu o levo a todos os lugares, eu tenho uma papelada especial para que ele possa viajar onde quer que eu vá. Podemos falar sobre George?”.

Infelizmente, George faleceu aos 17 anos de idade no ano passado. Mas Ryan mantém seu amigo perto de seu coração usando a plaquinha de George em uma corrente.

5. Ele expressou preocupação com a situação dos cachorros e camundongos perdidos na Disney

Em uma entrevista de 2011 com Conan O’Brien, Ryan falou sobre sua preocupação com os infames gatos de rua na Disney, que aparentemente desciam no parque para matar ratos depois que os visitantes iam embora. O ator estava preocupado com os ratos, especialmente considerando que a Disney construiu seu império em torno da figura do Mickey Mouse.

6. Ele escreveu uma carta pedindo que a Federação Nacional de Produtores de Leite dos Estados Unidos proibisse o corte de chifres das vacas

Em 2013, Ryan escreveu uma carta pedindo para que a Federação Nacional de Produtores de Leite cessasse essa prática cruel de descornar — isto é, queimar ou cortar os chifres de uma vaca. Dolorosa e desnecessária, a prática é banida em outros lugares.

7. Ele ama a comida vegetariana

Ainda não sabemos se ele é vegetariano em tempo integral, mas uma coisa é certa: Ryan ama a comida vegetariana. Ele é constantemente visto em restaurantes veganos em Los Angeles.

8. Ele escreveu uma solicitação ao Conselho Nacional de Cuidados de Animais de Fazenda do Canadá para banir celas de gestação

Em uma de suas campanhas mais incisivas a favor dos animais até o momento, Ryan escreveu um artigo no The Globe and Mail incitando o Conselho a proibir as cruéis celas de gestação para porcas, em que elas passam praticamente a maternidade inteira, sem poder se mexer e dar amor a seus filhotes. Ryan escreveu: “As porcas em celas minúsculas sofrem muito mais do que a gente pode sequer imaginar. Elas não conseguem se virar durante semanas, de modo que seus músculos e ossos se deterioram”.

9. Ele assinou a carta da Mercy For Animals para que o Walmart proíba as celas de gestação

Em 2012, Ryan assinou a carta da MFA pedindo ao Walmart que pare de comprar porcos de fornecedores que usam as cruéis celas de gestação. A carta também foi assinada por Kristen Bell, Zooey Deschanel, Emily Deschanel, Tom Morello, Kim Basinger e Steve-O. Ele afirmou: “Pedimos que você ajude a acabar com o sofrimento desnecessário desses animais ao cessar a venda de carne de porco de produtores que confinam porcas em celas tão pequenas que elas nem mesmo podem se virar por quase toda a vida”. Pouco depois da publicação da carta, o Walmart anunciou diversas mudanças nesse sentido.

Esqueça os olhares de Ryan Gosling; é a sua compaixão por todos os animais que deixa a gente babando. Só nos resta torcer para que ele assuma logo o veganismo!

Quer se juntar a Ryan para ajudar a criar um mundo mais compassivo para animais? Baixe aqui nosso Guia Vegetariano Gratuito.