Iogurte é saudável? A resposta pode te surpreender

Aline Baroni|
11 setembro 2017
Iogurte é saudável para você? Muitos comerciais de TV dizem que sim por causa dos probióticos, mas esse não é sempre o caso. De acordo com um estudo do Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics, o consumo cotidiano de iogurte piora a saúde de forma geral.
Um estudo da European Lung Foundation sugere ainda que tomar iogurte light durante a gravidez está relacionado a um aumento nos riscos da criança desenvolver asma e febre do feno. Comparadas às crianças de mães que não ingeriram o alimento, os filhos das mães que tomaram iogurte light com frutas diariamente tiveram 1,6 vezes mais propensão a desenvolver asma até os sete anos de idade, de acordo com o estudo. Essa estatística não é apenas chocante, mas também assustadora para mulheres grávidas.
Laticínios têm sido relacionados a problemas de saúde como acne. Em uma entrevista à Mercy For Animals, o dermatologista Dr. Gene Rubinstein explicou a ligação:
“Uma teoria é a de que a maior parte do leite consumido vem de vacas grávidas (ainda antes de seus filhotes nascerem), e que os hormônios da gravidez causam aumento na oleosidade, levando à acne.”
Apesar do leite desnatado ter menos hormônios, ele é ainda mais associado à acne, explica Dr. Rubinstein. Leite desnatado frequentemente é adoçado para se tornar mais palatável, provocando um aumento na insulina, que leva à produção de oleosidade e acne. Na verdade, o leite em si já desencadeia um aumento na liberação do hormônio.
Dr. Rubinstein se tornou vegetariano “em parte por causa dos efeitos impressionantes na pele”, ressaltando que seus pacientes notaram que ela “está muito melhor”.
O fator de aumento da insulina presente nos laticínios tem sido relacionado aos cânceres de mama e próstata, de acordo com um estudo. Como se não bastasse, o consumo de laticínios ainda tem sido relacionado a uma baixa concentração de esperma e movimentos e formas anormais dos espermatozóides, excesso de estrogênio, e até aumento no risco de doenças cardiovasculares. Maior consumo de leite e derivados pode levar até mesmo a um maior risco de desenvolver doença de Parkinson.
Enquanto a indústria vende o leite como fundamental para se ter ossos fortes e saudáveis, os países que consumem mais leite de vaca e derivados têm as maiores taxas de osteoporose e fratura de quadril, de acordo com um estudo da epidemiologista Tania Winzenberg.
Se riscos aumentados de doenças não soa assustador o bastante, pense no seguinte: animais sofrem imensamente. Nossa embaixadora Alana Rox se coloca no lugar de uma vaca para expressar tudo que elas não podem falar. Confira no comovente vídeo abaixo:
Precisa de ajuda na transição para uma dieta sem crueldade? A Mercy For Animals disponibiliza um Guia Vegetariano para download gratuito aqui.
Garanta agora seu Guia Vegetariano gratuito!

Garanta agora seu Guia Vegetariano gratuito!

Formato inválido

Formato inválido

Formato inválido

Formato inválido

Compartilhe sua história

Preencha o formulário

Obrigado por se inscrever!

Nome

Formato inválido

Sobrenome

Formato inválido

Ocupação

Formato inválido

Foto

(image only: JPG or PNG, less than 300KB)

Formato inválido

País

Formato inválido

História

Formato inválido