Estudo afirma que proteína vegetal é mais eficaz do que whey protein (proteína do soro do leite) para criar músculos

Para auxiliar no ganho e na manutenção de massa muscular, é comum que atletas adotem uma dieta  rica em carnes e ovos. Utilizar suplementos feitos com proteína do soro de leite de vaca, o tão famoso whey protein, é outra prática corriqueira no mundo esportivo.

Ao contrário do que muitos ainda acreditam, pessoas que se alimentam exclusivamente de vegetais podem, sim, ser ótimos esportistas. Devido ao consumo de verduras, legumes, grãos, sementes e frutas que fornecem nutrientes – incluindo proteínas – ao corpo. Esse estilo de vida é uma ótima maneira de se manter saudável e mais disposto.

É perfeitamente possível obter proteínas por meio de legumes e, para dar aquela forcinha e estimular a construção dos músculos, também existem suplementos proteicos sem nada de origem animal que substituem o whey protein.

Pesquisadores da Universidade de Exeter, no Reino Unido, concluíram que uma proteína extraída de fungos, o Quorn (comercializada no exterior), pode ser duas vezes mais eficiente do que os tradicionais suplementos produzidos com ingredientes de origem animal.

Esses estudos descobriram que o Quorn é mais efetivo por ter carboidratos e minerais que auxiliam na absorção de gordura e na formação da massa magra. Essa substância leva o nome de mycoproteína. 

Nesse estudo foram avaliados 20 homens: metade do grupo consumiu a mycoproteína e a outra parte usou proteína de origem animal. O resultado apontou que o grupo que ingeriu o suplemento feito a partir de fungos teve um crescimento muscular 120% mais rápido do que sem qualquer adição proteica. Enquanto isso, as pessoas que tomaram a proteína de soro de leite tiveram aumento de músculos apenas 60% mais rápido do que sem adições.

Viu? É possível ser atleta, vegano e muito forte! Para saber mais sobre o que incluir na sua dieta, clique aqui. 😉