Dieta vegetariana é fundamental para prevenir diabetes, afirma novo estudo

Aline Baroni|
15 Fevereiro 2018

Um novo estudo, conduzido pelo Physicians Committee for Responsible Medicine (Comitê de Médicos pela Medicina Responsável, em tradução livre), de Washington (EUA), descobriu que uma dieta sem produtos de origem animal pode prevenir o desenvolvimento de diabetes tipo 2. A dieta vegetariana aumenta a sensibilidade à insulina, considerada o fator determinante para a doença, potencialmente fatal, e melhora a função das células-beta pancreáticas, que armazenam e liberam insulina, além de ajudar na perda de peso.

“Felizmente, esse estudo é mais uma evidência de que a comida é realmente nosso remédio e que ter uma alimentação vegetariana saudável é fundamental para a prevenção da diabetes”, afirma a médica Hana Kahleova, autora da pesquisa. A doença pode levar a falha cardíaca, cegueira, doenças renais e amputações.

Os pesquisadores recrutaram 75 participantes obesos, mas sem histórico de diabetes, e os dividiram em dois grupos. O primeiro seguiu uma dieta vegetariana de 16 semanas, alimentando-se de frutas, vegetais, grãos integrais e legumes. O segundo não teve alterações na dieta.

Usando modelos matemáticos, os médicos calcularam que os participantes que seguiram a dieta vegetariana tiveram um aumento da secreção de insulina após as refeições, além de mais sensibilidade celular para a glicose, se comparados com o outro grupo. Os vegetarianos também tiveram redução dos níveis de açúcar no sangue durante as refeições — esses níveis costumam aumentar entre diabéticos — e perda de peso no decorrer da dieta.

Não é a primeira vez que uma pesquisa chega à conclusão de que uma dieta sem carne, leite e ovos é uma importante forma de combate à diabetes.

De acordo com o LiveKindly, a American Diabetes Association listou a dieta vegetariana como uma das principais formas de conter o aparecimento e os efeitos da diabetes tipo 2. A recomendação foi publicada no dia 1º de janeiro no 2018 Standards of Medical Care in Diabetes, documento oficial da instituição que oferece orientações clínicas sobre a doença. Também, um estudo da American Heart Association descobriu que uma dieta vegetariana é a melhor opção para reduzir o risco de insuficiência cardíaca ?? independentemente de se ter um histórico de doenças cardíacas.

Se você também quer se beneficiar de uma dieta vegetariana compassiva e, de quebra, ainda ajudar o meio ambiente e os animais, clique aqui ?? a gente te ajuda a começar essa mudança simples, mas que será muito significativa para você!

Garanta agora seu Guia Vegetariano gratuito!

Garanta agora seu Guia Vegetariano gratuito!

Formato inválido

Formato inválido

Formato inválido

Formato inválido

Compartilhe sua história

Preencha o formulário

Obrigado por se inscrever!

Nome

Formato inválido

Sobrenome

Formato inválido

Ocupação

Formato inválido

Foto

(image only: JPG or PNG, less than 300KB)

Formato inválido

País

Formato inválido

História

Formato inválido